FAQ

Perguntas mais frequentes

FAQ

Perguntas mais frequentes

A calibração com o selo RBC é acreditada e reconhecida pelo INMETRO e alguns órgãos internacionais. O selo evidencia que o Laboratório pertence à Rede Brasileira de Calibração. Durante as auditorias de segunda e terceira parte não é necessário evidenciar a rastreabilidade da medição e nem a eficiência do método de calibração, pois o INMETRO já avalia tais requisitos periodicamente, conforme a Norma NBR ISO/IEC 17025. Algumas empresas adotam este tipo de calibração por decisão interna ou por exigência normativa. O preço deste tipo de calibração é na maioria das vezes maior do que a calibração sem o selo RBC.
A calibração sem o selo RBC não tem o reconhecimento oficial do INMETRO. Porém, são calibrações que mantêm a cadeia de rastreabilidade de medição fechada até padrões calibrados por Laboratórios pertencentes à RBC e têm seus métodos de calibração desenvolvidos internamente, sem a acreditação do INMETRO. Durante as auditorias de segunda e terceira parte é necessário evidenciar a rastreabilidade da medição e o método de calibração. Para esse tipo de calibração, o Laboratório disponibiliza tais evidencias aos seus clientes. Esse tipo de calibração ainda é bastante utilizado pelo mercado. Por exemplo, para a Norma ISO 9001, a calibração sem o selo RBC (somente rastreada) atende o requisito metrológico exigido.
O que é calibração de instrumentos de medição?
Calibração é um conjunto de operações que estabelecem, sob condições especificadas, a relação ente valores indicados por um instrumento de medição e os valores correspondentes aos padrões utilizados.

Porque a calibração é necessária?
A calibração dos instrumentos de medição é importantíssima para a garantia da qualidade da fabricação de um determinado produto. Ela assegura que os instrumentos usados para controlar o seu produto estão dentro de um critério aceitável e que não vão prejudicar a qualidade final do produto.

Qual é a frequência um instrumento de medição deve ser calibrado?
A frequência ideal de calibração de um instrumento de medição pode variar de acordo com o instrumento a ser calibrado e a frequência de utilização do mesmo. Por exemplo: Um instrumento pode ter uma frequência de calibração de 1 ano e ser usado raramente.
Outro instrumento que já é usado mais frequentemente deve ter uma frequência menor, por exemplo, 6 meses. Não é uma regra, existem diversos estudos para se saber a frequência ideal de calibração de um instrumento, mas é sempre importante analisar aonde e como o instrumento é usado antes de se estipular um período.
Normalmente a validade/periodicidade da calibração dos equipamentos deve ser definida pelo cliente (usuário), observando os seguintes critérios:
• Orientação do fabricante;
• Orientação dos organismos de reconhecimento e/ou acreditação (Normas);
• Uso (Condições, de uso, frequência, etc.);
• Exatidão (exatidão requerida ou pretendida para medida).

Que instrumentos devem ser calibrados?
Qualquer instrumento que tenha influência direta no resultado do seu produto final, não importando em qual etapa esse instrumento seja usado.

O que é Certificado de Calibração?
O Certificado de Calibração é um documento oficial, originado a partir da atividade de Calibração, emitido por um Laboratório de Calibração reconhecido e acreditado pelo Inmetro com informações padronizadas pela norma NBR ISO/IEC 17025.

Para que serve o Certificado de Calibração?
O objetivo do Certificado do Calibração é fornecer ao cliente os erros de medição do equipamento no momento da calibração. Conhecendo os erros do seu instrumento de medição, o cliente poderá corrigi-los no momento da utilização, tornando a medição mais exata e de maior confiabilidade.

A Calibração é obrigatória?
A Calibração de instrumentos de medição é de extrema importância para garantir a qualidade dos equipamentos. Ela é obrigatória para empresas certificadas nas normas ISO 9001, ISO 14001, OHSAS 18001, ISO/TS 16949, ISO/IEC 17025, RDC59 ANVISA, Portarias Técnicas do Governo, entre outras.

Quem deve requerer o serviço Calibração?
Empresas certificadas ou que buscam certificação nas normas de qualidade ISO 9001, ISO 14001, OHSAS 18001, ISO/TS 16949, ISO/IEC 17025, RDC59 ANVISA, ou que:
- Possuam produtos certificados na Anvisa ou no Inmetro.
- Forneçam para empresas certificadas nas normas ISO 9001, ISO 14001, OHSAS 18001, ISO/TS 16949, ISO/IEC 17025, RDC59 ANVISA, entre outras.
- Forneçam produtos para grandes empresas ou autarquias, como Petrobras, Metrô, Vale do Rio Doce, Usiminas, Universidades Estaduais e Federais, entre outras.
- Realizem Inspeções de qualidade para grandes empresas, como Petrobras.
- Realizem medições de Segurança do Trabalho.
- Forneçam para ramos onde a segurança seja um fator crítico como Aviação, Marítimo, Alimentício, Farmacêutico, Hospitalar, Automotivo, entre outros.

Nossos Certificados de Calibração:
- São emitidos em cópia física e acompanham o produto, facilitando a conferência do material no ato do recebimento.
- Possuem uma numeração única por calibração, garantindo sua identificação por equipamento calibrado.
- Possuem rastreabilidade à Rede Brasileira de Calibração RBC - Inmetro ou Órgãos Internacionais reconhecidos pelo Inmetro.
- Atendem à todas as normas de qualidade, entre elas a ISO 9001, ISO 14001, OHSAS 18001, ISO/TS 16949, ISO/IEC 17025, RDC59, Portarias Técnicas do Governo, entre outras.
- Seguem rigidamente as normas de referência de cada instrumento de medição.
- Possuem a data da calibração e o nome do responsável, para rastreabilidade das informações.
- Possuem ou não data de vencimento (o cliente deve inserir, baseado em seu sistema de qualidade).

Saiba mais sobre a Calibração:

Por definição do Vocabulário Internacional de Metrologia (VIM), Calibração é:

"Operação que estabelece, sob condições especificadas, numa primeira etapa, uma relação entre os valores e as incertezas de medição fornecidos por padrões e as indicações correspondentes com as incertezas associadas; numa segunda etapa, utiliza esta informação para estabelecer uma relação visando a obtenção de um resultado de medição a partir de uma indicação".

● NOTA 1) Uma calibração pode ser expressa por meio de uma declaração, uma função de calibração, um diagrama de calibração, uma curva de calibração ou uma tabela de calibração. Em alguns casos, pode consistir de uma correção aditiva ou multiplicativa da indicação com uma incerteza de medição associada.
● NOTA 2) Convém não confundir a calibração com o ajuste de um sistema de medição, frequentemente denominado de maneira imprópria de “auto-calibração”, nem com a verificação da calibração.
● NOTA 3) Frequentemente, apenas a primeira etapa na definição acima é entendida como sendo calibração."

*Calibração e Aferição podem ser entendidos como a mesma atividade, embora o termo Aferição tenha caído em desuso por recomendação do Vocabulário Internacional de Metrologia (VIM).